dafabet

Embarques de carne de frango aceleram no início de abril, amparados pelo câmbio

Publicado em 12/04/2021 15:54
Analista aponta que exportações pulverizadas da proteína e competitividade do produto brasileiro estão fazendo a diferença

LOGO nalogo

De acordo com informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Governo Federal, divulgadas nesta segunda-feira (12) os resultados das exportações de carnes de aves e suas miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas nos primeiros seis dias úteis de abril aceleraram e representam cerca de 37% do total obtido em abril de 2020.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Iglesias, ainda é cedo para se falar em recorde, mas já se pode esperar um excelente resultado para abril baseado nos números desta primeira semana.

"O câmbio está trazendo uma competitividade surreal para a carne de frango brasileira que tem um mercado externo mais pulverizado. Temos, sim, a China comprando, mas tamos tamvém um embarque halal muito forte (para o Oriente Médio), África do Sul, União Europeia. Isso tem feito uma diferença muito grande para as exportações", disse.

A receita obtida com as exportações de carne de frango neste abril, US$ 178.019,161, representa 37,5% o total obtido em todo o mês de abril de 2020, que foi de US$ 475.278,93. No caso do volume embarcado, as 118.062,672  toneladas representam 36,9% do total exportado em abril do ano passado, que foi 320.709,572 toneladas. 

O faturamento por média diária foi de US$ 29.669,860, quantia 24,85% maior do que abril do ano passado. Em comparação à semana anterior, houve alta de 24%.

No caso das toneladas por média diária, foram 19.677,112, alta de 22,71% no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Quando comparado ao resultado para o quesito na semana anterior, observa-se uma alta de 23,3%.

Já o preço pago por tonelada, US$ 1.507,836, foi 1,75% superior ao praticado em abril do ano passado. Em relação ao valor registrado na semana anterior, houve leve alta de 0,7%.

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
dafabet

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    dafabet Mapa do site