bsop.br

Último pregão da semana começa com milho recuando nas Bolsa

Publicado em 06/04/2023 10:33
B3 e CBOT abrem a 5ªfeira com futuros caindo

Logotipo bsop.br

A quinta-feira (06) chega ao final com os preços futuros do milho se movimentando, em sua maioria, no campo negativo da Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações flutuavam na faixa entre R$ 80,09 e R$ 82,29 por volta das 10h21 (horário de Brasília). 

O vencimento maio/23 era cotado à R$ 80,09 com queda de 0,10%, o julho/23 valia R$ 80,20 com perda de 0,36%, o setembro/23 era negociado por R$ 80,10 com baixa de 0,37% e o novembro/23 tinha valor de R$ 82,29 com alta de 0,07%. 

Mercado Externo 

A Bolsa de Chicago (CBOT) também abriu a quinta-feira com os preços internacionais do milho futuro recuando por volta das 09h44 (horário de Brasília). 

O vencimento maio/23 era cotado à US$ 6,48 com desvalorização de 4,00 pontos, o julho/23 valia US$ 6,24 com perda de 3,00 pontos, o setembro/23 era negociado por US$ 5,67 com queda de 2,25 pontos e o dezembro/23 tinha valor de US$ 5,59 com baixa de 1,50 pontos. 

Segundo informações da Successful Farming, neste último dia de negociações da semana, os contratos futuros de grãos perderam força após um forte início de semana. 

"A grande diferença na segunda-feira no petróleo bruto provavelmente foi um grande fator que alimentou o rali dos touros de grãos no início da semana. Embora o petróleo tenha conseguido manter a maior parte dos ganhos esta semana, as altas de grãos perderam o ímpeto. O foco do fim de semana será o clima de primavera nos Estados Unidos, atualizações da colheita na América do Sul, o relatório de progresso da colheita na tarde de segunda-feira e o relatório mensal do USDA na terça-feira", disse à Reuters, Bob Linneman, corretor de commodities da Kluis Commodity Advisors. 

Relembre como fechou o mercado na última quarta-feira:

+ Milho fecha 4ªfeira com leves altas na B3 e acima dos R$ 80,00

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
bsop.br

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    bsop.br Mapa do site