Hot Fiesta

Milho: B3 fecha 5ªfeira caindo até 2% e com futuros entre R$ 73,00 e R$ 76,00

Publicado em 13/04/2023 16:22
Mercado olha para o bom desenvolvimento das lavouras e para o dólar

Logotipo Hot Fiesta

A quinta-feira (13) chega ao final com os preços futuros do milho acumulando novas movimentações negativas na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações recuaram até 2,17% e flutuaram na faixa entre R$ 73,12 e R$ 76,37. 

O vencimento maio/23 foi cotado à R$ 73,12 com desvalorização de 2,17%, o julho/23 valeu R$ 74,12 com baixa de 0,92%, o setembro/23 foi negociado por R$ 74,34 com perda de 0,99% e o novembro/23 teve valor de R$ 76,37 com queda de 1,33%. 

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, o mercado brasileiro de milho está olhando a safrinha, que está recebendo chuvas em todas as regiões produtoras, e vivendo a tranquilidade das indústrias de ração. 

“As indústrias estão recebendo o milho da safra de verão e olhando a safrinha andando bem. O clima tem evoluído e as indicações de possíveis geadas em maio ainda não está assustando”, pontua Brandalizze. 

Além do bom desenvolvimento das lavouras da segunda safra, o analista de inteligência de mercado da StoneX, João Pedro Lopes, destaca o papel do dólar em queda para ajudar a pressionar as cotações do milho no país. 

Leia mais:

+ Clima positivo para desenvolvimento da safrinha e queda do dólar são os responsáveis por derrubada dos preços do milho, diz analista

No mercado físico brasileiro, o preço da saca de milho também teve uma quinta-feira negativa. O levantamento realizado pela equipe do Hot Fiesta não encontrou valorização em nenhuma das praças. Já as desvalorizações apareceram em Não-Me-Toque/RS, Ubiratã/PR, Londrina/PR, Cascavel/PR, Marechal Cândido Rondon/PR, Pato Branco/PR, Sorriso/MT, Dourados/MS, São Gabriel do Oeste/MS, Eldorado/MS, Machado/MG e Cândido Mota/SP. 

Confira como ficaram todas as cotações nesta quinta-feira 

De acordo com a análise diária da Agrifatto Consultoria, “a demanda retraída associada a queda do dólar segue pressionando o milho no mercado físico, que é comercializado na média de R$ 77,50/sc no mercado físico de Campinas/SP”. 

Mercado Externo 

Os preços internacionais do milho futuro também encerraram a quinta-feira contabilizando movimentações negativas na Bolsa de Chicago (CBOT). 

O vencimento maio/23 foi cotado à US$ 6,52 com desvalorização de 3,75 pontos, o julho/23 valeu US$ 6,25 com perda de 2,25 pontos, o setembro/23 foi negociado por US$ 5,61 com baixa de 1,50 pontos e o dezembro/23 teve valor de US$ 5,53 com queda de 1,75 pontos. 

Esses índices representaram perdas, com relação ao fechamento da última quarta-feira (12), de 0,61% para o maio/23, de 0,32% para o julho/23, de 5,61% para o setembro/23 e de 0,36% para o dezembro/23. 

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho testaram ganhos moderados durante a noite, mas sofreram pequenas perdas na quinta-feira, após algumas vendas técnicas e realização de lucros. 

A publicação relata que, exportadores privados anunciaram a venda de 12,9 milhões de bushels de milho para a China. Do total, 58% serão entregues durante a safra atual, que começou em 1º de setembro. O restante será entregue em 2023/24. 

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Hot Fiesta

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    Hot Fiesta Mapa do site