surebet

Dólar tem leve alta com expectativa por dados dos EUA e após aprovação da reforma tributária

Publicado em 18/12/2023 10:40

Logotipo Reuters

 

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar avançava marginalmente frente ao real nesta segunda-feira, com investidores no aguardo de novos dados de inflação dos Estados Unidos desta semana, enquanto repercutia a aprovação da reforma tributária no Congresso.

Às 10:25 (horário de Brasília), o dólar à vista avançava 0,18%, a 4,9468 reais na venda.

Na B3, às 10:25 (horário de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,17%, a 4,9475 reais.

A leve alta da moeda norte-americana refletia em parte uma agenda morna nesta sessão, disseram participantes do mercado, com o foco ficando para os próximos passos de política monetária do Federal Reserve.

"As apostas de início de cortes de juros (nos EUA) já no primeiro trimestre de 2024 vão ganhando força, mesmo com membros do Fed reforçando que este posicionamento possa ser prematuro", disse a equipe econômica do banco Inter em nota nesta segunda-feira.

No mais recente exemplo, a presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester, disse em entrevista publicada no Financial Times nesta segunda-feira que os mercados financeiros se adiantaram "um pouco" ao banco central sobre quando haverá cortes de juros.

Segundo a equipe do Inter, nesse contexto, o foco desta semana deve ficar sobre dados de inflação norte-americanos, de forma a balizar as expectativas sobre o afrouxamento monetário do Fed no ano que vem. A leitura do índice PCE de inflação será divulgada na sexta-feira.

Caso haja arrefecimento das pressões de preços, o Fed pode ter de que afrouxar a política monetária mais cedo, o que tornaria o dólar menos atraente quando comparado a divisas arriscadas de retornos mais elevados, como o real.

Enquanto isso, no Brasil, "uma coisa interessante e positiva para o real é que o Congresso avançou no tema das pautas econômicas do (ministro da Fazenda) Fernando Haddad, aprovando o texto da reforma tributária", disse Márcio Riauba, gerente da mesa de operações da Stonex.

"Com isso, deve também haver uma melhora, mesmo que baixa, no PIB brasileiro."

Em uma votação histórica após décadas de discussão e a partir de acordo do governo com parlamentares, o texto-base da reforma foi aprovado em primeiro turno por 371 votos favoráveis, bem acima do mínimo necessário de 308, e por 365 no segundo, conferindo uma vitória ao Executivo e abrindo caminho para que ela seja promulgada ainda este ano.

Ainda assim, investidores seguem acompanhando com cautela a tramitação no Congresso de outras pautas econômicas importantes que o Executivo busca aprovar de forma a aumentar a arrecadação, em meio a dúvidas sobre a capacidade do governo de atingir a meta de zerar o déficit primário em 2024.

Na última sessão, o dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9379 reais na venda, em alta de 0,46%.

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    surebet Mapa do site